# Discografia: Zabelê - Zabelê [2015]




Release por Marcos Valle:

Na primeira vez que ouvi esse CD da Zabelê eu estava concentrado, ligado na voz dela, nas músicas, letras, arranjos, na banda… Na segunda (ouvi logo a seguir) eu entrei na festa, da cabeça aos pés. Que coisa boa de ouvir e de gostar, sem esforço algum. Aliás, excelente maneira de começar o ano. Zabelê está com uma delícia de timbre e ginga, em companhia de uma moçada que cria, inventa, renova, a cada timbre, a cada arranjo, a cada canção. Imagino o prazer que foi, para essa turma de amigos, gravar esse CD. Turma essa que tem o Domenico como produtor e baterista ao lado de Pedro Sá, Rubinho Jacobina, Alberto Continentino e Kassin, ou seja, só fera, e ainda tem a participação especial de Moreno Veloso na música “Cara de Cão”. Não conseguiria destacar uma música em especial no CD, pois gostei de todas, da primeira à última. E imagino o prazer que as pessoas vão ter quando o ouvirem. Parabéns a vocês todos!!!




- Zabelê - Zabelê (2015) - Pommelo Produções Artísticas

1. Prática
(André Carvalho)
2. Céu
(Zabelê/ Pedro Sá/ Domenico)
3. Enquanto desaba o mundo
(Kassin)
4. Atenção
(Marcelo Callado/ Quito Ribeiro)
5. Colado
(Alberto Continentino/ Domenico)
6. Na paz
(Luísa Maita)
7. Nossas noites
(Alberto Continentino/ Domenico)
8. Cara de cão
(Gustavo Benjão/ Domenico)
Participação Especial: Moreno Veloso
9. Livre
(Domenico)
10. Sabadá
(Rubinho Jacobina)




1. Prática
(André Carvalho)

Certo, vamos praticar o bem
Conectar o corpo
Olhar o novo
Será bom

Alinhando o sono
Quando voa o sonho
E posso caminhar... para lá

Como for, como dá
Deixa que eu volto já
E trago uma história

Pra dizer
De manhã pra você
Vem cantar, vem viver
Que o medo foi embora




2. Céu
(Zabelê/ Pedro Sá/ Domenico)

Plantar pra colher
Crescer até chegar no céu
Sorrir sem querer
Querer pra poder fazer
Sentir o calor
Rolar na tarde de sol
Saber perdoar
Ter paz
Paz pra esperar nascer
Quanta coisa vai crescer
Tudo o que a vida faz
Isso e muito mais





3. Enquanto desaba o mundo
(Kassin)

Dançando com você
Enquanto o mundo parece ruir
Estamos só nós dois
E não importa
Nada mais,
Nada mais
Seus olhos dizem sim
Eu não me arrependo do que fiz
O mundo é de nós dois
E o que vier depois será
Mais um bolero
Pra dançarmos juntos
Enquanto desaba o mundo





4. Atenção
(Marcelo Callado/ Quito Ribeiro)

Atenção
O amor se cansou do lugar
De divino ou de paranormal
E então
Me mandou declarar de uma vez
Que a gente é um tom natural
Amor é pra já
É muito bom perceber
Que assim não preciso
Ser sempre contigo
Tão genial
Não vou mais parar
Vamos andar por aí
À vontade, atentos
Ao salto do outro
Vai ser bem legal
Atenção
O amor se cansou do lugar
De divino ou de paranormal





5. Colado
(Alberto Continentino/ Domenico)

Esse alguém que vai
Dar saudade sim
Só não demore
Deixa ao menos meu amor
Te seguindo pelo corredor
E por todas as manhãs
Colado em você
O amor sempre me leva pro céu
Pode andar
Por todas as partes que
Sempre me encontrará
Pode ser no fim do mar
Até mesmo se você cansar
Ele ainda vai seguir
Colado em você
O amor sempre me leva pro céu
Colado em você
O amor sempre te leva pro céu





6. Na paz
(Luísa Maita)

Enquanto me soprar o mar
Não tenho pressa nem me interessa
Essa intensa louca sede
Só o mar
Enquanto unificar a paz
Eu vou sem pressa Nessa intensa louca sede
Nessa cinza polis
Mais na paz
Enquanto me soprar o amor
Eu vou me embora
Nessa intensa louca sede
Nessa cinza polis
Por amor





7. Nossas noites
(Alberto Continentino/ Domenico)

Nossas noites são demais
Fique até mais tarde
Não se vá antes da hora certa de acabar
Acho que essa festa não terminará
Taças de champagne vão brilhar
Quero te levar ao som do Henry Mancini
Sinto o seu perfume e quero mais
Que a melodia entre em nossos ouvidos
Nossas noites são demais
Fique aqui comigo
Não se vá antes do
Bacardi do Bacharach
A pista de dança permanecerá
Taças de champagne vão brilhar
Quero te levar ao som do Henry Mancini





8. Cara de cão
(Gustavo Benjão/ Domenico)
Participação Especial: Moreno Veloso

A sua cor é demais
Varia nos temporais
Azul e verde por trás
Por trás do prata do ar
Pedra bonita do mar
Quem pisa fundo não sai
Ao lado do esporão
O sol que morre no chão
De novo vem me falar
Com sua cara de cão
A sua cor é demais
Sem nuvem brilha até mais
De verde e azul por trás
Parentes da mesma cor
Irmãos parados no rio
Quem faz um samba de amor
Ao lado do esporão
O sol que morre no chão
Se novo vem me falar
Com sua cara de cão





9. Livre
(Domenico)

Onde vou
Como seguir
Se vem de lá
Se estou aqui
Tanto faz por onde ir
Se vou ganhar
Ou se perdi
O que li, o que re-li
O que guardei
O que deixei para trás
Sem querer Encontrei um novo amor
Livre
Como vou
Onde seguir
Se aqui estou
Já posso ir
Toda vez que me perdi
Eu procurei
O que deixei para trás
Sem querer
Encontrei um novo amor
Livre
O que deixei para trás
Sem querer
Encontrei um novo amor
Eterno





10. Sabadá
(Rubinho Jacobina)

Se quiser chegar
Hora de sambar
Vem de lá, sabadabadá
Quer ver como é
Pega pelo pé
Vai tomando de colher
Pra continuar
É só balançar
Que que há? Tem colher de chá
Se chamar eu vou
Olha que ja tô
Balançando meu amor
Vem sambar balançando iô iô
Mexe sem parar
É tupinambá
Sarará bota pra quebrar
Se vai navegar
Pode se amarrar
Nesse mar de sereia
Pra se refrescar pode se banhar
Na maré não tem jacaré
Mas tem sempre alguém
Pra falar que tem
Se também não tem nada
Olha tanta beleza iá iá
Quem não tem teleco-teco
Pega no dendê
Vai tocando reco-reco
Pra que deus lhe dê
Quando a coisa ficar boa
Posso lhe chamar
Pra remar nessa canoa
Sabadabadá






 

 
Biografia

Zabelê Gomes






Discografia


SNZ [2000]

SarahNãnaZabelê [2001]

Remix Hit's [2002]

Zunzum e Pronto [2006]

Zabelê [2015]







 


Essa página é uma homenagem a cantora Zabelê Gomes | Criação e atualização da página pelo fã João Rossi © 2015